Praça Manoel Inácio Peixoto, nº 136, Centro, Cataguases/MG CEP 36770-073 (32) 3421-4910
FRANCISCA DE SOUZA PEIXOTO

Francisca de Souza Peixoto nasceu na Fazenda da Saudade, no município de Cataguases (MG), em 21 de dezembro de 1892. Terceira filha do casal Thereza Carolina de Oliveira e Antônio Augusto de Souza, passou a infância na zona rural, onde iniciou seus estudos com o professor particular Pantaleão, que lhe ensinou as primeiras letras, além de francês e as demais disciplinas. Era uma criança alegre e muito prendada e, já naquela época, demonstrava desenvoltura ao andar a cavalo, uma de suas atividades preferidas.

Na juventude, mudou-se para a sede do município, acompanhada dos irmãos mais velhos e de uma tia. Casou-se em 14 de abril de 1917 com José Inácio Peixoto, um dos fundadores da Companhia Industrial Cataguases, na localidade de Joaquim Vieira, também na zona rural. De seu casamento lhe nasceram os filhos Josélia, Zélia, José (Zezito), Célia, Josué e Nélia.

Dona Chiquinha, como era carinhosamente chamada, sempre foi uma mulher ativa e muito sagaz, embora no início de seu casamento tenha se dedicado às tarefas do lar e à criação dos filhos, auxiliada por suas irmãs, como exigia a época. Demonstrava especial predileção por assuntos como homeopatia e economia doméstica, além de assuntos ligados à natureza, como o cultivo de plantas, uma de suas paixões.

Em 19 janeiro de 1953, ao ficar viúva, passou a apresentar nova postura, mais ativa e dinâmica, exercendo uma liderança absoluta, de forma silenciosa e carinhosa, mas incontestável. Dona Chiquinha exerceu o cargo de Diretora-Presidente da Companhia Industrial Cataguases, no período de 11 de março de 1953 até 12 de janeiro de 1978. Entretanto, foi eleita e assumiu o cargo de Presidente do Conselho de Administração em 21 de novembro de 1977, exercendo ainda de forma cumulativa o cargo de Diretora-Presidente até o dia 12 de janeiro de 1978.

Em 13 de janeiro de 1978, transfere o cargo de Diretora-Presidente para seu filho José Inácio Peixoto Filho e permanece na presidência do Conselho de Administração até 20 de setembro de 1985. Faleceu em 6 de dezembro do mesmo ano, deixando, além dos filhos, 27 netos, 49 bisnetos e 2 tataranetos.

Instituto Francisca de Souza Peixoto - 2016 Todos os direitos reservados